Categorias: Polícia

Compra de celular roubado é crime: polícia localiza ladrões e receptadores

A Polícia Civil de Marabá recuperou 21 aparelhos celulares roubados e realizou 21 procedimentos de termo de comparecimento espontâneo de pessoas que estavam de posse dos aparelhos. Todas foram ouvidas e após assinarem documento foram liberadas, mas vão responder por receptação, uma vez que não adotaram cautelas no momento da aquisição do aparelho.

As apreensões ocorreram durante a operação “Touch”, que apura crimes de furtos e roubos de aparelhos celulares. As investigações começaram no início do mês de setembro. A ação visa combater o roubo de celulares e identificar os autores desses crimes, assim como, responsabilizar os compradores dos objetos roubados, para então devolvê-los às vítimas.

De acordo com o superintendente Regional de Carajás da PC, delegado Thiago Carneiro, durante as investigações foram utilizadas técnicas modernas para localizar os aparelhos e os respectivos receptadores.

“Esta é só a primeira fase da operação, pois queremos dar continuidade ao combate do crime no município, o qual após chegarmos nos autores conseguiremos diminuir essa prática delitiva, enfraquecendo o mercado de vendas de celulares roubados”, destacou o delegado.

Segundo a PC, após esses procedimentos instaurados contra os receptadores, já foi possível identificar alguns autores do crime de roubos, os quais estão sendo investigados.

Paulo Jordão

Repórter investigativo

Deixe um comentário